O jogo online é definitivamente uma realidade. As apostas desportivas na internet, através de sites e plataformas como a 1xbet portugal, já fazem parte do folclore dos aficionados de futebol. E há vários indicadores a atestar o crescimento da atividade dos casinos online.

Lucros crescentes

Diversas notícias publicadas na comunicação social portuguesa dão conta deste crescimento. Em outubro de 2018, o Diário de Notícias informava que o crescimento dos jogos de casino era moderado, e que o existente era impulsionado pelo online. Já em julho de 2019, o mesmo jornal sublinhava que as receitas dos casinos “físicos” estavam em perda contra os jogos de casino online, cada vez mais populares. Em outubro de 2019, um dos mais recentes operadores de apostas em Portugal anunciava ao site jornalístico Dinheiro Vivo que os negócios estavam a correr bem.

Imediatismo, rapidez e flexibilidade

Os padrões de consumo modernos, influenciados pelo advento da internet, caracterizam-se pela rapidez, pela transitoriedade e pela flexibilidade extrema. O consumidor não está disposto a esperar muito tempo por um resultado, um “download” ou uma decisão. O Totobola demorava vários dias até uma decisão ser anunciada; hoje em dia, é possível apostar em jogos de futebol ao vivo, já depois de o jogo ter começado.

O mesmo acontece com os jogos de casino. Em vez de pegar no carro e deslocar-se até à sala de jogos, o consumidor prefere a comodidade de aceder através do seu computador ou do seu telemóvel.

Estes fatores ajudam a explicar a notícia supracitada relativa ao crescimento dos jogos online e das raspadinhas que são, também elas, um tipo de jogo de carácter instantâneo – o utilizador compra e, momentos depois, já sabe o resultado.

Que futuro?

Dado o sucesso do mercado nacional regulado de jogos online desde 2015, é de esperar que a concorrência aperte e que novos operadores venham a submeter as suas candidaturas junto do Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos (SRIJ) para operar em Portugal.